Painel produzido pelo artista digital Maurício Morais - http://mauriciomorais.blogspot.com/

segunda-feira, 1 de junho de 2015

12° Encontro de Automóveis Antigos de São Roque - 2015


A cada ano o Encontro de Automóveis Antigos de São Roque (EAASR) escolhe um colecionador, modelo, ou marca para homenagear, convidando-o para representar a coleção principal de cada edição do evento. Neste ano a coleção convidada foi do fora de série brasileiro – Miura. 
21 veículos da marca foram expostos mostrando ao público presente toda a evolução dos veículos da marca. No domingo, foi proferida uma palestra com o tema “Miura – Um sonho brasileiro” – que foi realizada em meio aos veículos da coleção convidada.





Vejam o vídeo dos Miuras:


Houve, também, exposição com artigos da 2ª Guerra Mundial; veículos da FEB (Força Expedicionária Brasileira, fardas da SS e artilharia. Quem foi ao encontro teve a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a participação dos brasileiros nesse confronto que durou de 1939 a 1945.



E vários impecáveis veículos dos mais diversos fabricantes e épocas.






A premiação foi conduzida por Derec De Almeida Jorgetti, diretor do Galaxie Clube do Brasil e da Federação Brasileira de Veículos Antigos, que entregou ao diretor do Miura Clube RJ, Hugo Bueno, o troféu de "Veículo do Ano" para o Miura Kabrio 1984. 


O Miura Clube RJ também foi agraciado pela organização do Encontro de Automóveis Antigos de São Roque com uma belíssima placa de agradecimento pelo apoio ao evento.




 Esta placa nos dá orgulho, nos emociona e nos motiva a continuar esse prazeroso de trabalho de preservação e perpetuação da memória de um dos mais belos capítulos da história do automóvel brasileiro: o Miura!





2 comentários:

  1. Belíssima exposição onde as pessoas puderam, além de conhecer mais sobre a marca, ver ao vivo veículos que pareciam ter saído da fábrica !

    ResponderExcluir
  2. Mais uma vez parabéns ao Miura Clube RJ pelo espírito de equipe e colaboração, além do amor por estes carros que marcarão para sempre a industria nacional.

    ResponderExcluir