Painel produzido pelo artista digital Maurício Morais - http://mauriciomorais.blogspot.com/

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

THE MIURA - HOT VWs OF BRAZIL - Revista Dune Buggies and Hot VWs

Matéria veiculada na revista norte-americana Dune Buggies and Hot VWs em maio de 1980.







“O Miura – Brasil responde à Itália” por John G. Rettie

Os brasileiros são tão fãs de carros esportivos quanto os italianos, os ingleses, americanos... contudo, devido às regulações governamentais, o custo de carros esportivos importados é tão proibitivo que apenas os muito ricos podem bancar um esportivo europeu. Por conta disso, existem vários carros esportivos de baixa produção feitos por companhias brasileiras. O Puma é o mais conhecido, com mais de 300 unidades sendo produzidas todos os meses.

Um dos mais novos esportivos do mercado, o Miura, está aparecendo pelas ruas do Brasil em número cada vez mais elevado, e vai, indiscutivelmente, começar a competir com o Puma pelo seu mercado. 

Não há como negar que o designer do Miura “pegou emprestado” a aparência e o nome de seu carro dos italianos. Mas a imitação é a forma mais sincera de elogio, e os esportivos italianos são sempre reconhecidos por serem os mais bonitos.

Assim como muitos esportivos brasileiros, o Miura é montado no chassi do Fusca, mas diferente dos “kit cars” feitos no país, a carroceria de fibra de vidro do Miura é construída como uma peça única, onde o chassi VW é unido. Dessa forma, todo o carro torna-se uma estrutura muito mais sólida e fica livre de rangidos. Uma característica única dos Miuras é a escolha de motores – estão disponíveis tanto na versão a ar da Brasília (Fusca), como na versão a água do Passat (Dasher). Mas ao invés de montar o motor a água transversalmente na traseira, ele é aparafusado, através de uma flange, na transmissão VW em posição longitudinal, com o radiador de lado. 

O interior é tão bom, se não melhor, que os que vemos em muitos carros exóticos e caros da Europa. Cada carro vem completo com um painel forrado em couro, instrumentação completa, bancos de couro e painéis de porta de couro, tudo na mesma cor. Uma olhada nas fotos mostrará o ótimo acabamento do interior e a suavidade da carroceria. Isso nos faz pensar por quanto será que vendem um carro desses. Acredite ou não, custa apenas $9000 (na atual taxa de câmbio) e nós apostamos que se fosse feito aqui, custaria pelo menos 20 mil. Felizmente para os brasileiros, o custo do trabalho esmerado é bem mais barato que em nosso país, assim como o preço das vacas que fornecem o couro! 

Infelizmente, nós não pudemos visitar a fábrica que produz os Miuras, mas tivemos a oportunidade de analisar o carro em uma das concessionárias, no subúrbio de São Paulo. Essa loja, San Angelo Autos Esportivos, trabalha exclusivamente vendendo o Miura e o MP Lafer (réplica MG). Como você pode ver pela foto da fachada, é um negócio de tamanho considerável e provavelmente bem rentável. 


Enquanto os brasileiros talvez não possam comprar os mesmos carros que nós, eles de fato têm uma boa variedade de esportivos tão bons quanto para escolher. O único problema é que nós não podemos comprar nenhum desses carros nos EUA por causa das restrições do nosso governo para a importação de carros não certificados!



LEGENDAS:


Legenda foto página 30: Acima à esquerda, o Miura vem com a opção de dois motores. Ou o motor a ar da Brasília ou do Fusca, ou o, ACIMA À DIREITA, motor a água do Passat (Dasher). O radiador com ventoinha elétrica pode ser encontrado à esquerda, abaixo do carburador. O ar o alimenta através das aberturas de ventilação na carroceria, logo abaixo da janela traseira. NA ESQUERDA, elegantes maçanetas embutidas dão o toque final a um refinado esportivo. 

Legenda foto página 31: TOPO, ao invés de ter faróis que pulam para fora, o Miura conta com o sistema muito mais confiável por ter as tampas que cobrem as lanternas abaixadas. ACIMA À ESQUERDA, o interior do Miura é um dos cockpits mais luxuosamente bem acabados que já vimos. Toda a cobertura do painel, os painéis de porta e os acentos são acabados em couro combinado. ACIMA AO CENTRO, a traseira do Miura a água é um hatch de porta única, enquanto a do modelo a ar possui uma tampa separada para o compartimento do motor. ACIMA À DIREITA, o porta-malas dianteiro guarda o estepe e deixa algum espaço para bagagem. 

Notas do Miura Clube RJ:

1- O radiador com ventoinha elétrica (dupla) encontra-se na dianteira do Miura (MTS), Á esquerda, abaixo do carburador, está o reservatório de água.

2- O modelo 79, com a carroceria de três portas, já oferecia os dois tipos de motorização, 1600 a ar e 1600 a água (MTS), assim como os Miuras modelo 80 em diante.


2 comentários:

  1. Mais uma vez o Miura Clube - RJ arrebentando!!!!! Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, amigo Rodrigo! Contamos com você e seu pai para nos ajudar no Encontro Nacional de Miuras em São Paulo, no segundo semestre de 2014.

      Excluir