Painel produzido pelo artista digital Maurício Morais - http://mauriciomorais.blogspot.com/

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Roberto Dinamite e seu Miura Targa 82

O maior e eterno ídolo do Club de Regatas Vasco da Gama também teve o seu Miura, vejam a matéria onde ele fala sobre um dos seus orgulhos.



Targa 82 - Carro de craque
Para conhecer mais sobre o Targa 82 vide:

TARGA 82

Material gentilmente cedido pelo miureiro Cláudio Motta (RJ)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Zico e seu Miura 78/79


 Grandes personalidades do mundo empresarial, artístico e esportivo tiveram como símbolo do seu sucesso um automóvel Miura. O eterno "Galinho de Quintino", ídolo não só da torcida do Flamengo, mas de todo aqueles que apreciam um belo futebol, também rendeu-se ao charme e estilo do Miura. O modelo que conquistou o craque foi um modelo 78/79 como o da imagem abaixo:


Em 2009, para nossa surpresa, encontramos o veículo em Madureira-RJ. O Miura, apesar da personalização sofrida, ainda exibia vários itens originais como os bancos e as rodas. Segundo informações, hoje o carro está pintado de vermelho.


Arthur Antunes Coimbra - Zico
Scorro S-36 - Original do modelo
Bancos originais
Personalizações: Aerofólio, saia e lanternas de Kombi.
Para conhecer mais sobre o Miura 79 vide:


COMPUTADOR DE BORDO MIURA - MIC FAL IV (AZUL) – INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO E REGULAGEM


VERIFICAÇÕES INICIAIS


1) Verificar o funcionamento dos dois alto falantes (interno e externo);

2) Verificar a buzina (do alarme);


3) Borrachas do vidro (levantar os vidros);


4) Com estes itens em bom estado, o computador deverá funcionar corretamente




MODO DE INSTALAÇÃO

1) Para sua maior segurança desligue a bateria do carro;

2) Ligação dos terminais (jumps): Os Miura fabricados a partir do segundo semestre de 1989 possuem seis jumps (Computador azul -MIC FAL IV), incluíndo os modelos X8 e Saga (II). 

DICAS PARA REGULAGEM DO COMPUTADOR DE BORDO:


Instalado o computador com seus respectivos jumps conectados, siga as instruções abaixo:

1) Deixe o carro em nível reto, calçado e durante o dia (devido ao sensor de luz);

2) Coloque o cinto de segurança como se você estivesse preso a ele;


3) Solte o freio de mão;


4) Ligue o carro e deixe-o em marcha lenta;


5) Vá até o computador e ligue-o. Deverão acender dois leds vermelhos;


6) Gire o primeiro potenciômetro, que é de volume, até o centro (meio do curso);


7) Gire o segundo potenciômetro todo para
a esquerda girando para a direita até que o led se apague; 

 
8) Faça o mesmo com o terceiro potenciômetro (luz);


9) Pronto, seu computador está regulado.


10) Solte o cinto de segurança, desligue o carro e tirando a chave da ignição os vidros deverão levantar;


11) Abra e feche a porta (permaneça dentro do carro) e verifique que o led do painel do computador deverá apagar em até 60 segundos;


12) Abra a porta, o led do painel deverá acender, acionando o alarme do computador que é desligado no botão ao lado da led do painel.



ESQUEMA DE LIGAÇÃO DO COMPUTADOR DE BORDO AZUL

Conector de 5 Pinos (o primeiro pino é o afastado)

0 0000

1 = Freio de mão
2 = Porta aberta motorista
3 = Cinto de segurança
4 = vago (ou sensor de trepidação)
5 = vago

Conector de 6 pinos

¹o o o o o o

1 = Vidro direito aberto
2 = Vidro esquerdo aberto
3 = Barra de lâmpadas rítmica (modelo X8)
4 = Terra (ou vago)
5 = excitação de rele de abertura de porta (abre porta direita)
6 = excitação de rele de abertura de porta (abre porta esquerda)

Conector de 7 pinos

¹o o o o o o o

1 = Opera o acendimento das lanternas
2 = Opera o rele de partida
3 = Opera a buzina
4 = vago (ou farol)
5 = Opera radio (rele que acopla o amplificador do computador e tira o som do rádio)
6 = Opera motor do vidro direito (fecha)
7 = Opera motor do vidro esquerdo (fecha)

Conector de 8 pinos

¹o o o o o o o o

1 = vago
2 = vago
3 = antena do computador
4 = Terra
5 = Terra
6 = + 12v
7= + 12v
8 = + 12 v (rádio(( rele que acopla para ligar amplificador e desligar rádio q/ele fala)(montar com rele)

Conector de 9 pinos

¹o o o o o o o o o

1 = Tx
2 = Rx
3 = Comum do óptico (sensor de chave)
4 = Bóia de combustível
5 = vago
6 = vago
7 = vago
8 = vago
9 = Platinado (sinal da bobina)

Conector de 10 pinos

¹o o o o o o o o o o

1 = Alto-falante
2 = Alto-falante
3 = LDR (esta localizado no próprio botão do computador)
4 = + 12v da chave do painel
5 = Tecla manual/automático (tecla do painel)
6 = Terra da chave manual/automático)
7 = vago
8 = ignição (ligada ao terminal da ignição que acende as luzes do painel (o mesmo que o terminal + 12v da bobina)
9 = Pressão do óleo
10 = Temperatura.


¹o o o o o o o o ¹o o o o o o o

¹o o o o o o o o o ¹o o o o o o

¹o o o o o o o o o o ¹o o o o o

Botão



Pino 30 é o terra da chave.

Porta fusível
Porta fusível

1º potenciômetro = volume
2º potenciômetro = combustível
3º potenciômetro = luminosidade

Prestar atenção no pino 5 do conector de 7 e pino 8 do conector de 8, eles trabalham em conjunto para o computador falar.



PLACAS DO CIRCUITO DO COMPUTADOR DE BORDO MIC FAL IV (AZUL)



OBSERVAÇÃO:  OS MIURAS COM  COMPUTADOR AZUL (MIC FAL IV) POSSUEM O RECEPTOR DE ABERTURA DAS PORTAS  DENTRO DELE. 
  
Informações fornecidas e autorizadas pelo Sr. Sérgio Ginjas - Assistência Técnica para Miuras



sábado, 18 de fevereiro de 2012

Miura Kabrio - Pôster (8)

Dando sequência aos modelos "Miura", vejam o trabalho do artista digital Maurício Morais no Miura Kabrio. O Kabrio é considerado o modelo mais raro da fábrica, visto que somente foram fabricados 14 unidades.



Este pôster é o sétimo da série "Miura" que também incluirá a evolução dos modelos da marca.
O pôster é impresso em papel fotográfico de alta qualidade e mede 30 x 45 cm. Os interessados neste e em outros trabalhos do artista podem contactá-lo através do email:

mau917@gmail.com

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Top Sport I.E. 91/91 - Novo de novo (Restauração completa)



Em junho de 2008, um Miura Top Sport I.E. 91/91 foi anunciado para venda no Rio de Janeiro. Décimo modelo da fábrica de veículos fora-de-série Besson&Gobbi S.A., o Top Sport, lançado em outubro de 1989, trazia uma série de itens que o destacava, como: Bancos elétricos, retrovisor interno fotocrômico, abertura das portas por controle remoto, computador de bordo com sintetizador de voz, lâmpadas das setas traseiras com acendimento sequêncial, piloto automático (speed control), etc. Além disso, o modelo foi o primeiro esportivo fora-de-série a usar motor  com injeção eletrônica (AP-2000i) nos modelos 91 em diante, a contar com sistema de freios ABS (Antilock Brake System) e suspensão eletrônica, desenvolvida pela COFAP. 

Como mostram as imagens, o exemplar não estava nas melhores condições, ainda assim foi decidido que o Top Sport seria salvo e voltaria a exibir suas características originais.

Negócio fechado, o Miura foi levado à Ronil Oficina Mecânica onde foi realizado por Robson Veras todo o trabalho de desmontagem, restauração mecânica, elétrica e montagem final.

Daniel e Robson Veras
 Em 2009, após completa desmontagem e verificação minuciosa do chassi, o Top ganhou uma nova saia que devolveu à frente do modelo a estética original.





João X11 - Laminador

De volta à oficina, o cofre do motor e toda a parte inferior do veículo foi pintada e toda a parte elétrica refeita para poder receber o conjunto mecânico restaurado. Todas as peças mecânicas desgastadas foram substituídas por novas.

Robson Veras - Verificação minuciosa.

 



Mecânica pronta, o carro segue para a pintura para receber a cor (branco pérola) e o brilho de outrora.



Felipe - Oficina de pintura "Xand´s Car"

Fase crítica da restauração, devido à sofisticação do seu interior, a forração interna foi executada seguindo o padrão de fabricação deste exemplar: Couro na cor gelo e carpete marfim.
Edmilson - El Shaday Capotaria


Antes e depois:

Carroceria




 

 


Motor

  



 Interior



Três anos e meio após a aquisição o Miura Top Sport tornou-se novo, novamente, com todos os seus itens de série e opcionais funcionando perfeitamente. Durante as fotos, realizada no Aterro do Flamengo, várias pessoas que caminhavam ou se exercitavam por lá, pararam para admirar o veículo, uns saudositas e outros curiosos querendo saber que carro era aquele. Mas o comentário mais impressionante foi de um senhor, de aproximadamente setenta anos, que após uma olhada geral, por dentro e por fora perguntou quando aquele carro seria lançado no mercado... ficou surpreso quando soube que era um carro fora de linha e com mais de vinte anos! Este exemplo reforça que mesmo passadas duas décadas o projeto ainda possui uma modernidade intrínseca.










Gostaríamos de externar aqui nossos agradecimentos à Aldo Besson (in memoriam), Itelmar Gobbi, Roberto Gobbi, Flávio Pereira, Luis Felipe Mello, Paulo Marcadella, Herison Chalegre, Hugo Bueno, Marcelo Rodrigues, Sérgio Botelho, Maurício Mesquita, Luiz Verly, Cassio Matiello, Sérgio Ginjas, João X11,  Zacarias Balbi, Miura Clube RJ, Miura Clube Gaúcho & Antigos, Miura Clube RS, Miura Clube SC, Miura Clube PR, Xand´s Car Oficina de Pintura, El Shaday Capotaria, Balsemão Oficina de Gravação e todos aqueles que contribuíram de alguma forma para a consecução desse objetivo.

Agradecemos, especialmente, à Robson Veras e a todos os colaboradores da Ronil Oficina Mecânica pela dedicação e capricho na restauração deste exemplar.

 

O Miura Clube do Rio de Janeiro e os demais clubes parceiros estão à disposição de todos aqueles que necessitarem de qualquer tipo de orientação para a restauração de algum modelo Miura.