Painel produzido pelo artista digital Maurício Morais - http://mauriciomorais.blogspot.com/

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Miura 77 - O Primeiro Miura Placa Preta do Brasil

É com grande satisfação e alegria que informamos que o Miura Clube RJ (Associação Miura Clube do Rio de Janeiro), no exercício das atribuições concedidas pelo Departamento Nacional de Trânsito - DENATRAN, vistoriou, avaliou e certificou o primeiro Miura do Brasil como veículo de coleção por este possuir mais de 30 anos de fabricação e ostentar valor histórico pelo seu alto nível de originalidade, passando o mesmo a circular, a partir desta data, com a distintiva placa preta.

 

O primeiro Miura placa preta do Brasil trata-se de um ano/modelo 77, de propriedade de nosso associado Paulo Ricardo Marcadella de Santa Catarina, foi o décimo segundo fabricado pela Aldo Auto Capas de Besson & Gobbi Ltda e levou um pouco mais de dois anos para ser restaurado. O caso de amor de Marcadella com a “12” (no feminino mesmo, como deve ser tratada toda bela máquina) iniciou-se em meados de 2008 quando viu as seguintes fotos do veículo anunciado em um classificado do Rio de Janeiro:

Fotos publicadas no anúncio do classificado

A paixão foi imediata, Paulo percebeu que se tratava de um raríssimo exemplar da primeira geração do Miura, com painel de três módulos, e que apesar do estado precário, o modelo não havia sofrido grandes alterações. Das 1.078 unidades fabricadas do modelo Miura 1600 a ar e MTS (1600 a água) entre 1977 e 1985, menos de 30 unidades receberam este painel. No dia 18 de julho de 2008 aconteceu o grande encontro. Paulo veio buscar sua “12” para viver dias melhores em Santa Catarina. Aqui ele pode ver quanto trabalho ele teria pela frente, mas tinha a certeza de que valeria a pena.

 

Paulo e a 77 no Rio de Janeiro
Já em terras catarinenses começa o árduo trabalho para devolver à “12” o brilho dos seus dias de glória. As maçanetas de Alfa, que só contemplaria o modelo Miura nos anos seguintes, foram substituídas pelas originais de Brasília, o retrovisor externo voltou a ser do Maverick, o sistema a vácuo de escamoteamento do farol foi restaurado tal qual era na época e até a cor original, Vermelho Itamaraty, foi descoberta por debaixo de várias camadas de tinta, além de várias outras mudanças necessárias para devolver ao modelo 77 as suas características de fábrica.


TopSport 90/90 e Miura 77

 
 
 

   

Antes e depois:

Forração de porta

Forração do teto

Bancos

Painel

Motor

Carroceria - Frente

Carroceria-Traseira

 


Com o credenciamento do Miura Clube RJ para examinar a originalidade de veículos antigos de coleção e expedir Certificado de Originalidade, ficou decidido que o primeiro Miura a ser avaliado para obtenção do Certificado de Originalidade seria o modelo 77 número 12 do Paulo Marcadella, pela importância do modelo na história da marca e pelo alto nível da restauração realizada por ele ao longo desses dois anos acompanhada passo a passo pelo clube. O veículo passou por criteriosa análise a cerca dos índices de originalidade tendo, inclusive, sido consultado o projetista do modelo, Sr. Nilo Lashuk, e o chefe de estofaria, Sr. Jones Santana, para esclarecimento sobre a real condição de restauro. Todo o processo de restauração foi acompanhado, também, pelo Sr. Ary Barreiros, presidente do Miura Clube de Santa Catarina, avaliador e membro da comissão técnica do Miura Clube RJ que analisou um total de 50 itens do veículo no que tange a originalidade e a conservação de cada item, divididos em cinco grupos:

- Mecânica;
- Elétrica;
- Tapeçaria;
- Estrutura;
- Acessórios/Itens de controle e segurança.
O Miura 77 número 12 foi aprovado com mérito, recebendo o Certificado de Originalidade n°001, tornando-se o primeiro exemplar da marca Miura a ser reconhecido oficialmente como ”veículo antigo de coleção” e a receber a “placa preta”.




Para aqueles que tenham alguma dúvida pertinente à originalidade e/ou restauração dos automóveis Miura 1600 a ar e MTS (1600 a água) fabricados entre 1977 e 1985, a comissão técnica do clube reativou o fórum de discussão criado em 2009 após o II Encontro Nacional de Miuras no Rio de Janeiro. 
Gostaríamos de externar aqui nossos agradecimentos à Aldo Besson, Itelmar Gobbi, Roberto Gobbi, Nilo Laschuk, Mariano Brubacher (in memorian), Adalcir Brubacher, Jones Santana, Ary Barreiros, Flávio Pereira, Luis Felipe Mello, Diego Gomes, Herison Chalegre, Robson Veras, Wagner Leal, Zacarias Balbi, Tiago Songa, Miura Clube RS, Miura Clube Gaúcho & Antigos, Miura Clube SC, Miura Clube PR, AGMH Antigomobilistas, Opala Clube do Rio de Janeiro, Clube do Carro Antigo de Londrina, Kafer Clube de Santa Catarina, Veteran Car Clube RJ, Portal AutoClassic, Portal Maxicar, Revista “A Biela”, Revista “Classic Show”, comunidade “Miura Clube Brasil” no “Orkut” e todos aqueles que contribuíram de alguma forma para a consecução desse objetivo. 
Agradecemos, especialmente, a Paulo Ricardo Marcadella pela dedicação, esmero e perseverança no resgate desta importante peça da história da indústria automobilística brasileira e pela inspiração e motivação que passa a dar a inúmeros antigomobilistas que pretendem restaurar seus veículos antigos.


5 comentários:

  1. Parabéns! Ficou linda e merecedora da PP!
    Quero fazer isso na minha 1979!
    abs
    Marcelo Senteio

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS PELO BELO CARRO ! SEMPRE FUI APAIXONADO PELA MARCA . SEMPRE PEDIA AO MEU AMADO PAI , HJ NO CÉU , UM MIURA.
    GRAÇAS A " DEUS " HJ POSSO COMPRAR UM E FAZER PARTE DESSE CLUBE TÃO LEGAL !!! SALVE O MUIRA !!!
    AURÉLIO GONÇALVES.

    ResponderExcluir
  3. ESTOU VENDENDO A NUMERO ONZE PRA RESTAURO E UMA DAS POUCAS QUE SAIRAM COM PAINEL DE TRES MODULOS, A FIBRA ESTA BOA TEM QUE REVISAR O MOTOR(DESMONTADO MAS COMPLETO E STANDER), SO FALTANDO OS BANCOS DIANTEIROS. SE ALGUEM SE INTERESSAR CONTATO: (092) 982363830,OU augusto.paulo34@hotmail.com se alguem tiver uma Brasilia quarto portas podemos trocar

    ResponderExcluir