Painel produzido pelo artista digital Maurício Morais - http://mauriciomorais.blogspot.com/

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Miura 77/77 (Modelo 77) - Referências Para Avaliação de Originalidade (P.P.)

Descrição geral

  •   Motor/Escapamento/Elétrica:

01 – Esse modelo dispunha somente da mecânica Volkswagen a ar 1.600 com dois carburadores e escapamento com saída dupla.
  
02 - Bateria 12 v/ 48 amp -  Alternador – distribuidor c/ platinado – c/ regulador de tensão ajustável Bosch


  • Rodas

01 – As rodas são aro 13, fabricadas pela Scorro, Modelo S-36  e “calotinha” com a logomarca “Miura” no centro da roda.
  • Pneus

01 – Medida dos pneus: 175/70-13, não admitir remoldados.


  • Freios

01    – Discos nas rodas dianteiras e tambores nas rodas traseiras. 

  •        Parte externa do veículo

    01 – Vidros das portas sem quebra vento. As portas possuem molduras onde os vidros se encaixavam. O modelo utilizado pela revista Quatro Rodas (edição 203 -junho/77) não possuía a moldura, pois, trata-se de um modelo pré-série.  

    02 – Capô moldado em duas partes, a parte inferior, vai até a linha dos pára-choques. O lado superior, a parte que cobre os limpadores é separada do restante do capô (uma pequena peça fixa com aproximadamente 15 cm de largura e que acompanha todo o capô até o encaixe com os pára-lamas).


    03 – O vidro traseiro é curvo na extremidade, acompanhando a linha da tampa traseira, em direção aos parachoques.  Os primeiros modelos têm o vidro fundido na fibra na tampa traseira, A tampa traseira mantém-se aberta através de um sistema de barras deslizantes.

    ·    
    •      Parachoques
    r
    01 – Dianteiros e traseiros em ABS preto, sem pintura, ou material similar pintado de preto vinílico. Não aceitar para choques pintados de outras cores. 
        
    • Faróis/Lanternas

    01 – Os faróis são do Fiat 147. O acionamento da tampa do farol é feito a vácuo através de um reservatório que armazena ar oriundo do motor. 

    02 – Faróis de neblina (exigência do órgão de Trânsito em virtude dos faróis serem escamoteáveis).  Detalhe: esses faróis de neblina ficavam sob os parachoques e eram colocados atrás da grade (três tiras metálicas de cada lado da placa). 

    03 - As lanternas dianteiras das primeiras unidades deste modelo eram do Chevette cortadas para ficarem mais baixas.

    04 – As lanternas traseiras eram exclusivas, sem ter luz de ré incorporada nas unidades iniciais, sendo incorporadas logo depois. 


    • Vidros

    01 – Os vidros dos primeiros modelos 77 não possuem a logomarca “Miura”.

    • Painel

    01 – O painel do modelo 77 é dividido em três módulos quadrados à frente do motorista (conta-giros, velocímetro e outro com quatro relógios pequenos – marcador de combustível, termômetro do óleo, pressão de óleo e amperímetro.  

    02 – No lado esquerdo do painel ficam as teclas de comando de faróis, ajuste do volante, pisca alerta, ventilador, luz interna (do Fiat 147).    

    03 – No centro do painel, fica o console, com alavanca de câmbio, freio de mão, cinzeiro (no entanto, não trazia isqueiro) e local para rádio ou toca fitas estéreo (aceitar somente o de época).  

    04 – Ao lado direito, em frente ao carona, fica sob o painel o porta luvas. 


    • Estofamento

    01– Bancos baixos, em curvin preto ou nylon kourever, assim como o acabamento das portas, painel e borda do teto. O carpete (buclê), igualmente preto, recebia bordas em curvin, sendo o teto feito em nylon.  Obs. A rugosidade do curvin pode alterar, pois a fábrica possuía três fornecedores.



     

    • Volante e botão de buzina
    01 – Volante de três raios com uma fenda em cada raio (Walrod). Botão da buzina levemente convexo com emblema da logomarca “Miura” circular no centro. 

    • Maçanetas

    01 - As maçanetas das portas dos primeiros modelos são da Brasília 77. Mais tarde foi adotado outro modelo, similar às do Alfa Romeo 2300 TI. 
       
    • Acessórios/Itens de Controle/Segurança

    01    – Os primeiros modelos 77 traziam somente um retrovisor no lado esquerdo (Maverick GT).
    02    – A tampa do tanque de combustível era no estilo competição (exposta e virada para cima, logo à frente da janela traseira, no lado esquerdo.
    03    – O emblema “Miura” fica localizado abaixo da tampa do farol esquerdo.
    04    – Limpadores de parabrisas do SP2.

    05    Pedais com regulagem.

    Pedais com regulagem

     Acessórios opcionais:
    •        Ar condicionado
    •        Vidros elétricos
    •        Rádio toca-fitas (Bosch ou TKR)
     
    Contribuíram com estas referências: 
    Miura Clube SC, Miura Clube Gaúcho & Antigos, Miura Clube RS e Miura Clube PR

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário